Fim de semana movimentado na área policial

Na sexta, sábado e domingo, inúmeras ocorrências marcaram o plantão policial em Pomerode. Com destaque para desentendimento ao final de uma festa, motorista embriagado e posse de drogas.

Na sexta-feira, por volta das 10h da manhã, a PM foi acionada para atender uma ocorrência de tentativa de furto na Rua Presidente Costa e Silva. Chegando ao local, a guarnição conversou com o solicitante, o senhor J. M.S , responsável por uma igreja, que viu que algumas janelas estavam quebradas, além de objetos de escritório revirados em uma sala. Quatro janelas tinham sido arrombadas e também havia marcas de sangue pelo chão, possivelmente de quem tentou praticar o ilícito. A princípio, o responsável pela igreja não sentiu falta de nenhum pertence. Diante dos fatos, restou à PM apenas registrar a ocorrência.

Ainda na manhã de sexta, por volta das 11h, os policiais atenderam uma ocorrência de ameaça na Rua Rodolfo Sell. Uma senhora (iniciais B.L.) relatou que foi ameaçada de morte por sua vizinha (indicada apenas pela inicial G.), além de já ter sido agredida em ocasiões anteriores por diversas vezes com palavras de baixo calão. A autora dos fatos não se encontrava no local no momento em que a PM foi acionada. Também foi confeccionado um BO para apurar melhor os fatos.

E mais uma vez a PM retornou à Rua Hermann Guenther, na sexta-feira de tarde em um ponto de ônibus defronte a uma fábrica. A ocorrência seria de averiguação de pessoa em atitude suspeita. Chegando ao local, policiais revistaram o rapaz Y. C. B. e encontraram dentro de sua mochila uma substância análoga a um torrão de maconha com aproximadamente 2 g. Indagado, o homem afirmou que havia comprado a droga em Blumenau. Sua namorada (iniciais I. L. G., indicada pelos policiais como testemunha) estava também no ponto de ônibus. Ela estava com alguns hematomas no rosto e na boca e não quis falar aos policiais sobre essas lesões. Em revista pessoal à bolsa da mulher, a PM encontrou dois socos ingleses. O rapaz alegou que essas armas brancas eram suas e que estava de posse das mesmas como estratégia de defesa, pois a PM, no dia anterior, já havia atendido uma ocorrência de ameaça naquele mesmo local, envolvendo o suspeito. Segundo o relatório, após inúmeros questionamentos dos policiais, este rapaz chegou a alegar que pertence a duas facções do crime organizado.

Na manhã de sábado, a Polícia Militar foi acionada para atender uma ocorrência de perturbação de sossego. Eram 7h30 da manhã e sete pessoas foram flagradas saindo de uma festa, a maioria delas menor de idade, todas bastante alteradas por ingestão de bebida alcoólica e até mesmo de entorpecentes. Na Rua Artur Pfuetzenreuter, a PM foi recebida por uma pessoa de iniciais C.S., que relatou ter sido agredido e jogado contra uma lagoa após reclamar de som alto em plena madrugada. Segundo informações, a vítima morava próximo ao local da festa, que às 7h30 da manhã já havia acabado. A PM conversou com os envolvidos, sendo que um deles, com as iniciais C.V.P., de 15 anos, relatou ter ingerido bebida alcoólica fornecida por sua irmã maior de idade, mas depois mudou a versão dizendo que não se lembrava de quem havia a fornecido. Todos foram conduzidos para a delegacia, contando com apoio de uma viatura da PM de Timbó para controlar os sete envolvidos. Outro rapaz, com iniciais J.V.T., resistiu e foi algemado. A PM efetuou disparo de Taser contra o rapaz M. DOS S., que resistiu com gestos bruscos. Foi difícil controlar o jovem, sendo posteriormente utilizado também gás de pimenta contra o mesmo. O rapaz com iniciais A.M.C. também resistiu à prisão, reclamando da ação e ofendendo os policiais. Havia algumas moças, menores de idade, mas elas não resistiram e não foram algemadas. A PM fez contato com o Conselho Tutelar de Blumenau e apreendeu as garrafas de bebida encontradas no local.

Também no sábado, a PM atendeu uma ocorrência de acidente com danos materiais, em frente ao Colégio Dr. Blumenau. Chegando ao local, os PMs viram o senhor R. S. dentro de seu Corsa Classic batido contra o canteiro de uma passarela. Ao conversar com o senhor, os agentes perceberam fala arrastada, olhos vermelhos e forte odor etílico. O senhor relatou ter ingerido bebida alcoólica e disse que estava indo para casa. A guarnição então ofereceu o teste do bafômetro, que na prova deu o valor de 0.80 mg/l e na contra-prova, 0.84 mg/l. Foi dada voz de prisão ao senhor R. S. por embriaguez ao volante e conduzido à delegacia de Polícia Civil de Pomerode. O veículo foi guinchado para o pátio, uma vez que não foi encontrada sua documentação e o condutor não estava de posse da CNH.

Na madrugada de domingo para segunda-feira, a PM atendeu ocorrência de direção de veículo por condutor não habilitado. Em rondas, a guarnição abordou uma moto YAMAHA YBR 125E com placas de Pomerode, transitando em via pública na Rua Camboriú, por volta de 0h30, conduzida por J.N.M., que não é habilitado. O proprietário da moto, senhor M.F.W., era passageiro no momento da abordagem. A motocicleta foi removida ao patio e tanto proprietário como condutor foram autuados por entrega de veículo seu para pessoa sem condições de dirigir e condução de veículo por indivíduo não habilitado.

Data: 09/04/2018
2017 - Todos os Direitos Reservados à Rádio Pomerode.
Site desenvolvido por:
Alho-poró e DM System